domingo, 5 de dezembro de 2010

30 dias de informação - day 1

Descrição de mim própria.

Bem, o que poderei eu dizer sobre mim? Gosto de sorrir perante os problemas da vida, prefiro ajudar os meus amigos com os seus problemas do que chateá-los com os meus, gosto de sair, maquilhar-me (mas só quando saio), dançar, cantar, falar, brincar, meter-me com os meus amigos. Prefiro estar no pc do que ver televisão uma vez que no pc posso ver tudo o que vejo na tv e estar na internet ao mesmo tempo, apesar de muitas vezes me "esconder" dentro de casa (principalmente nos últimos tempos, porque será?), e colocar o portátil o mais longe possível, para não me dar ao luxo de perder momentos com pessoas preciosas na minha vida . Gosto mais do Inverno/chuva/frio do que do verão/chatices/calor-insuportável. Gosto de ser surpreendida, e tento surpreender sempre as pessoas que me são próximas pela positiva. Nos últimos tempos aprendi que é melhor sermos activos em relação a um determinado assunto da nossa vida que queremos ver resolvido, do que pensar, pensar, e esperar pela acção de Virgem Santíssima. Tento ser verdadeira com todos os meus amigos, e ajo com todos eles de maneira igual, excepto se eles não o fizerem comigo também. Sou amiga do próximo, gosto de ler, fotografar (apesar de não ter absolutamente jeito nenhum para tal), descobri recentemente o Postcrossing, e acho que vou mesmo aderir a esta cena, porque afinal de contas, a escrita é um meio de comunicação que há muito foi ultrapassado, e tão fascinante que é (ou então é só de mim). Não suporto estar parada num só sítio mais de duas horas seguidas, nos dias mais stressantes ando de um lado para o outro da casa, sem saber o que procuro, ou o que vou fazer a seguir. Dou-me bem nas aulas, exceptuando Matemática (que compreendo e penso que o problema seja mesmo dela) e FQ. De resto, o que mais gosto de fazer na escola é, por ordem decrescente: intervalos meaning cuscar/falar/avacalhar com os amigos, fazer Educação Física e apresentar trabalhos oralmente (os quais, por incrível que pareça, saem-me sempre melhor a Inglês do que a Português). Bem, não me ocorre mais nada para falar sobre mim, penso que é díficil descrever-me melhor, pelo menos da minha parte, porque além da minha falta de jeito para escrever, penso que é mais fácil de perceber a maneira de ser de uma pessoa pelas suas acções do que pelas suas palavras, porque as acções são involuntárias já as palavras nem sempre.

2 comentários:

Miguel - Dj MvBosS disse...

Os ruminantes (latim científico: Ruminantia) são uma subordem de mamíferos artiodátilos, que inclui os veados, girafas, bovídeos e por vezes incluídos até mesmo os camelos, caracterizados pela presença de um estômago complexo, com três ou quatro câmaras, adaptado à ruminação.

Note que nem todos os ruminantes fazem parte da subordem Ruminantia, ou pertencem a esta subordem: os camelos e as lhamas estão entre as exceções. Tampouco pertencem a esta subordem alguns dos mamíferos grandes que pastam que não são estritamente ruminantes, mas têm adaptações similares para sobreviver com quantidades grandes de alimento de qualidade inferior.

RockSye'Anne disse...

Olha babe, esqueceste-te de uma coisa.
Que quando encontras uma pessoa triste, tu não a incentivas a parar de chorar, não senhor. Tu abraças, dizes que vai correr tudo bem, e de um momento para outro dizes uma cena super estúpida que te tenha acontecido, de uma forma TÃAAAAO sarcástica, que não há maneira de uma pessoa não se rir.
E outra cena (acerca da Matemática): "Dear MATH please grow up and solve your own problems... I'm tired of always helping you."
Mais..
Ah! Eu não sei como é que consegues apresentar melhor em inglês do que em português.. Para mim é tão difícil. Acredita, preciso de alguém para andar a falar em inglês e essa pessoa vai ser tu. :C